terça-feira, 24 de março de 2009

Se arrependimento matasse...

Palavras ditas de forma errada podem abalar grandes amizades. O arrependimento acaba de tomar conta de mim.
Porque eu falei o que não devia na hora errada e para a pessoa errada?
Devo pedir perdão, mas a vergonha me prende à cadeira. A confiança foi perdida e a amizade balançada.
Por favor, perdoe este pobre infeliz que não fez por maldade.
Perdoe aquele que sempre lhe quer bem.
Caso isso não aconteça, foi perfeito ser seu amigo por um tempo e quando vier em minha direção, estarei de braços abertos e disposto a recuperar o que sustentou nossa amizade!

Um comentário: