quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O artista inveterado



Existe o caso do artista inveterado. Nasceu pra ser artista mas, coitado, só ele sabe disso. Exatamente por isso ele continua na perseguição e vem a frustração, ilusão, depressão. Começa a fraquejar o coração, mas o artista não desiste, não!
Qual o que, tudo isso é motivo pra uma reação, pra um sentimento que não se sente. Um espelho, uma mulher, uma situação e então o artista mente. Mente tanto que aí começa a confusão, pois ele não sabe mais se ele compreende ou é compreendido, se ele quer ou é querido. Talvez ele não queira. O quê!?
Mais um dia chega a oportunidade. Câmera a sua frente, luzes em profusão e lá está o artista suando vaidade. Mas como de praxe, alegria dura pouco. é tamanha emoção que o artista morre louco.
E assim termina o caso do artista inveterado. Nasceu pra ser artista mas, coitado, só ele sabia disso.

(Marcelo Gastaldi)

Um comentário:

  1. maravilhoso!

    Belíssimo texto Pedro!! Este eu não conhecia!!

    Magnífico!!!!

    ResponderExcluir